Home      Site      Fotos      Contacto


03 janeiro 2008

Magical Pieces 2008.01.02 - Ano Novo, vida nova...

...diz que sim...

Entra-se num novo ano e por onde quer que se vá é “Feliz Ano Novo” para aqui, “Feliz 2008” para ali, “um bom ano” para acoli... não se consegue fugir à “saga” das boas intenções e dos bons desejos!
Confesso que esta maré de bons sentimentos me incomoda mais do que os do Natal... desta época já falei anteriormente, do excesso de consumismo que me dá a volta à cabeça. Mas o da entrada num novo ano... dava “tudo” para chegar a meio de Dezembro e passar directo para meio de Janeiro sem passar pelo Natal nem pela passagem de Ano!
O meu espírito natalício q.b. esvai-se com algumas das situações nele vividas... mas o meu espírito “vida nova” esvaiu-se muito antes sequer de o chegar a cheirar...
Por acaso este ano a nível de festa não foi mau, até pelo contrário. Passei-o com pessoas habituais e com outras não habituais, fora de casa mas não muito longe mas num local onde foi permitido alguns excessos sem riscos – além do mais porque isto de ter uma miúda pequena sob a nossa asa não nos permite grandes avarias.
Mas o que me chateia nem são estas confraternizações quando são apetecidas. É sim o facto de que se tem de estar com vontade para algo nesta altura, seja lá para o que for! É imperativo divertir, estar bem disposta, estar linda e maravilhosa, porque para onde quer que se olhe há sempre gente bonita e arranjada com um sorriso de orelha a orelha, que pula e salta e dança e que vibra com a festa!
Nada contra! Apenas nem sempre o espírito é de festa ainda mais quando se tem a “ligeira” percepção de que o novo ano vai ser um pouco mais do mesmo... há coisas que não apetece comemorar.

Quem me conhece, daqui ou “da vida real” sabe que sou optimista por natureza. Mas neste meu optimismo tenho também a minha parte não diria de pessimismo mas antes de realismo :o)
Já não faço planos de novo ano, os meus desejos são apenas saúde para mim e para os “meus” e principalmente para a minha filha. Acho que tudo o resto virá por acréscimo.
Quem me lê com estes pensamentos poderá pensar que não me acontecem coisas boas, longe disso! Muita coisa boa me aconteceu no ano que acabou! E “sei” que muita mais me acontecerá neste novo ano! Só não gosto de criar espectativas por coisas que podem não acontecer e em muitas áreas da minha vida sei que não adianta criá-las. Por isso ao contrário de me conseguir concentrar para novas etapas começo o ano de alma desorganizada... sei que não adianta stressar que tudo se vai resolvendo.

Deixo aqui apenas alguns pontos que gostaria de realizar/melhorar este ano de forma a poder vir aqui revê-los quando me faltar a coragem para avançar...
Não obrigatóriamente por esta ordem:
- entrar em forma fisicamente - inclui emagrecer uns bons quilinhos... :o)
- resolver situações profissionais
- arranjar um espaço fixo para dar os meus workshops – é bom fazer os workshops onde e com quem faço mas a possibilidade de ter um espaço fixo sem ter de por vezes andar com a casa às costas era o ideal :o))) sonhar é bom!
- resolver ou encaminhar algumas situações pessoais

Espero não vos ter maçado com estes meus pensamentos de “ano novo”.
De qualquer forma e apesar de não ser muito destes sentimentos (afinal o que torna diferente dia 31 de Dezembro de dia 1 de Janeiro se passados uns dias as pessoas parecem esquecer tudo de bom que desejaram e quiseram melhorar?!!!) desejo a todos os que me visitam um ano de muita saúde e paz de espírito para que possam fazer, senão tudo, grande parte daquilo a que se proponham!

Fiquem bem :o*

7 comentários:

betty mello disse...

Querida Lena, gostei de ler o seu post, e concordo. Na verdade o calendário demarcado como o temo é coisa humana, e realmente o que mudou de 31 de dezembro para 1 de janeiro, efetivamente? nada ! Também não faço -há anos- os tais planos ou intenções de Ano Novo, não têm sentido, pos muitas coisas estão fora do nosso alcance ou possibilidade de mudar. Tenho tentado fincar bem os pés no chão,olhar ao meu redor e ver o que EU posso mudar, transformar...e invariavelmente o meu olhar retorna até mim mesma.Como vc bem disse só desejo saúde,paz de espírito e ...paciência com os adultos, pois com as crianças eu tenho. Espero que vc consiga o SEU espaço para dar seu workshops, atualmente tenho o meu e sei como isso deixa a vida "mais leve", mas ainda-raras vezes tempo que me deslocar...Estou tocendo para que que consigas o que sonhas e que tenhas sabedoria e serenidade para resolver os outros aspectos. Com muito arinho, Betty(Brasil)

Carla Delgado disse...

Olá Lena,
Já tinha saudades dos teus magical.
Espero honestamente que arranjes espaço para os woorkshop pois pretendo fazer o próximo :P vamos lá ver se aprendo alguma coisa...
Uma beijoca e xi-coração carinhoso
carla

Sofia disse...

Conheço-te desde 1997 e desde essa altura q te oiço pedir paz de espírito, mas tu já sabes como é, para nos sentirmos felizes temos q ir apreciando as pequenas coisas em vez de nos sentirmos descontentes com tudo :)
Em relação às festas concordo, detesto o consumismo e a obrigação de estarmos felizes no natal e a obrigação de estarmos eufóricos na passagem de ano, embora eu não gostasse de "saltar" esse periodo, eu gostava de dormir durante esse periodo... hehehe
Para nos sentirmos verdadeiramente felizes e eufóricos q tal combinarmos mais tertúlias aos Sábados, eu sei q não ajuda à dieta, mas é divertido :D
beijocas e... BOM ANO

macati disse...

ola gira!
tb sou um pouco como tu!
um bom 2008 para ti.
bjnh

Anónimo disse...

Bom...muita coisa se pode dizer, falar e fazer nestas épocas ditas festivas. cada um trata-as como acha que deve tratar, embora sempre um pouco "pressionado" pelas "imposições" da sociedade, que resolveu criar mais alturas de festa. Se formos a ver bem as coisas.... não é mais do que a passagem de um dia para o outro e sendo assim teríamos de estar sempre a celebrar... a passagem das horas, dos dias, de cada instante. Assim, acho que... aproveita o momento, esse, essa altura esse instante, esse segundo, esse milésimo de segundo, porque...... não volta mais!!! Tenta sempre fazer aquilo que gostas, com quem gostas e como gostas... isso sim é importante! Estar bem, sentir bem, ser bem, fazer bem. Bom... poderia estar aqui a fazer um discurso de filosofia, mas... não tenho tempo... a bem da verdade...até tenho, mas eram muitas linhas, quase um tratado de filosofia. Espero para um dia quando estiver na vida real com a nossa AMIGA lena, que faz umas peças de autor muito lindas. Mais uma coisa... a felicidade só depende de nós. A saúde também, além de outras coisas... somos um ser completo, perfeito e autónomo.... mas ás vezes parece que não!! ;o) beijocas e .... BOM ANO 2008 (esta parte impõe a sociedade...e como estamos inseridos nela....enfim..) beijocas. fica bem, e não stresses.

Sonia M. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sonia M. disse...

Olá, Querida Lena. Cheguei e vou circulando pelos sítios do costume, que gosto de visitar, de ler e reler. O teu cantinho é um deles ;)

A transição de um ano para outro é sempre uma boa altura para fazermos o nosso balanço pessoal do que queremos queremos repetir, do que não queremos de todo repetir e do que queremos alcançar, das pessoas que queremos manter or não na nossa vida. A este teu post posso-te dizer que muito fica por dizer, mas como costume falar.."não temos tempo"..Somente te afirmo que´na minha vida aprendi a não fazer fretes, a não aturar aquilo que me dá volta ao estômago, de me rodear somente de quem na vida me deixa algo, que para mim, basta amor, o sincero, o verdadeiro, aquele que nos faz olhar olhos nos olhos sem receio! Rodeia-te dessas pessoas e vê que o Amor é o dom maior do nosso equilíbrio.

Um abraço apertado

Sonia