Home      Site      Fotos      Contacto


11 março 2008

desabafos...

Desde que entrei neste mundo do feltro, dos blogs, Flickr, artesanato, workshops (para mim acaba por estar tudo interligado porque foram coisas que foram surgindo muito a par) tenho conhecido muita gente boa conforme vou dizendo de vez em quando.
Felicito-me por isso. Desde amigas virtuais e outras que já passaram para o lado real, até formandas, colegas de blog e de Flickr, muitas são já as que tenho em grande consideração e as que recebo no coração.
Mas assim como em todo o lado muitas são as coisas “menos boas” a que tenho assistido. Tento não levar as coisas muito a peito mas algumas deixam-me boquiaberta! Mais isso do que me chaterarem sequer ;o)

O caso das cópias. Muito se fala sobre isso e difícil é chegar a alguma conclusão sobre o que se copia e o que é fruto de inspiração. Até há pouco não me tinha acontecido nenhuma mas o que fazer quando deparamos com a falta de imaginação de uma formanda que copia integralmente um trabalho nosso que levamos para exemplo?! Sim, é natural que quem aprende conosco siga o nosso exemplo e até se inspire um pouco em nós. Se calhar esqueci-me de avisar na aula qual era o propósito do workshop...
Mas felizmente isto é um caso raro! Deixo um exemplo de uma das minhas formandas de quem eu apenas posso sentir orgulho – a Kathamina. Ela aprendeu comigo mas faz peças única, imaginadas e trabalhadas por ela. Não me canso de lhe dar os parabéns e de a incentivar sempre que possível ;o)

Comecei com os workshops há pouco tempo mas já me questiono até quando os darei... mas depois peso os prós e os contras e por enquanto parece-me compensar o muito de mim que dou neles. Sim porque desengane-se quem acha que os workshops são dinheiro fácil e que não requerem qualquer tipo de investimento... há por aí muita gente a pensar assim...
Pasmem-se, há pessoas a acabar de sair de um workshop meu e ainda sem tempo sequer de se darem ao trabalho de treinar marcam workshops na hora...
Sim, eu aprendi a fazer estes trabalhos com uma formadora e também eu passei a dar workshops. Mas antes de dar um workshop estive uns 7 meses a trabalhar para isso e fiz no mínimo umas 20 fadas e bonecas e 1 Dobbyhanna! Mas se calhar sou eu que sou parva...
Mas dou workshops porque sinto que o sei fazer – transmito com gosto e entusiasmo o que sei e já tive muito bom feedback em quase todos eles.
Gosto de estar informada sobre o que estou a fazer. Gosto de saber do que falo e transmitir o que sei da melhor forma. Às vezes acho-me mesmo parva porque ensino o que me ensinaram e ainda muito do que aprendi sozinha. Talvez ensine em “excesso”, mas é assim que sou. Entusiasmo-me e partilho.
Quando não me sinto à vontade para ensinar algo não avanço. Os meus workshops têm surgido a pouco e pouco. Só há pouco dei um de malas porque achei que tinha de treinar um pouco mais apesar de sentir que já estava à vontade.

Hoje em dia sinto necessidade de parar um pouco. Preciso estudar, há coisas que ainda não sei, e apesar de serem coisas que ainda ninguém me perguntou nos workshops (até agora respondi com confiança a todas as questões que me colocaram) são coisas que sinto que tenho de saber para poder evoluir. Enquanto que há pessoas que fazem feltro artesanal que nem sabem minimamente com que material trabalham...

Um aparte - tive conhecimento de uma “formadora” que não conseguindo feltrar uma peça como deve ser, ou melhor a formanda não conseguiu e ela aconselhou-a a misturar um género de pasta/cola (que não me lembro agora o que era) para endurecer a peça... nunca tinha ouvido tal coisa mas se calhar sou eu que não estou bem informada...
Há mais umas quantas mas até parecem mentira!
O que vale é o que de bom vai acontecendo. Sou uma pessoa positiva e normalmente é esse o lado que vejo, em tudo o que acontece tento tirar a lição e o pedacinho que seja de bom – há sempre algo a aprender em todas as situações ;o)

Ainda em relação à necessidade de parar, sinto também necessidade de estruturar os workshops de outra forma – alguns deles pelo menos. Vou sentindo as necessidades das pessoas e vou tentando dar forma e evoluir de maneira a prencher lacunas. E para isso vou ter de fazer trabalho de “secretária” ;o) sinto vontade de corresponder a quem quer mais do que o que aprende nos workshops e para tal tenho de encontrar esse “espaço” e sinto também vontade de experimentar novos “ambientes” – logo que possível falarei de um novo projecto.

Obrigada por me lerem.
Este tópico além de um desabafo serve também para colocar um pouco as ideias em ordem ;o)

Tenham uma boa semana :o*

13 comentários:

tempofeliz disse...

Olá helena, como estás? Já há algum tempo que não nos encontramos...nas feiras!!!
Já vi que estás um pouco indignada...mas não te preocupes, porque, mesmo que copiem, que tentem fazer igualzinho, igualzinho aos teus ("ao meus, falando da minha parte")nunca irão conseguir...se a ideia foi tua, nunca sairam resultados iguais aos teus!
O mundo está assim...mas ainda há quem seja um pouco puro, ou pelos menos tente...escreveu-me uma brasileira, de Salvador, a perguntar como fazia as minhas capas :-)...e que material é que usava...
beij

tempofeliz disse...

Quero esclarecer melhor o meu comentário anterior...acho que ninguém conseguirá fazer trabalhos iguais aos nossos...desculpem-me a ousadia! Não, não esperem...até podem ser melhores, não é isso que quero dizer, mas "os nossos" têm sempre o "nosso toque pessoal"! E é isso que os tornam diferentes uns dos outros :-)
beij

Anónimo disse...

Compreendo perfeitamente o teu sentimento... se quisessem fazer alguma coisa "parecida" pelo menos tenham a dignidade de dizer, ou perguntar se não se importam, se faz favor..... Li o comentário anterior, e tenho também um pouco dessa opinião, se bem que "Não há 2 coisas iguais"..mas não vou entrar com filosofias... Por favor se não são criativas(os), deixem os que são mostrar a sua criatividade! Também ensino e sei o que isso é... beijocas e fica bem. Medita sobre o assunto, dá o tempo que achares necessário, tem a ousadia de seres tu própria!!porque até agora te tens saído bem!!!

Sofia disse...

1º não deixes de dar workshops, pq ainda n participei em nenhum.
2º a Kathamina é uma grande artista sim senhora, tb já consultei o blog dela e já elogiei.
3º tb no meu mundo (o dos doces) há cópinhas e apesar de tb tentar ver tudo de uma forma positiva, não consigo evitar de pensar que há pessoas que deviam levar umas boas chapadas na cara.
4º a mim o que já me aconteceu foi copiar um bolo, publica-lo no meu blog com o nome da autora original e dp vir o "departamento jurídico" da Dra. Cake Designer em questão dizer que é má publicidade relacionar o nome da Sra. com o meu blog :s
verdade verdadeira!!
Enfim, Lena não desistas
bjs

Sonia M. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sonia M. disse...

Olá, Lena. Já te conheço há tempo suficiente para te dizer que fazes muito bem por te indignares e por dizeres no "teu" espaço aquilo que pensas e sentes. E, tal como eu, muitos há que gostam de "te ler". Na realidade, há momentos em que temos de reflectir qual o melhor caminho e seguir e se assim o sentes, força! Quanto aos pobres de espírito, que são os que ininterruptamente copiam e que não passam de pessoas que acabam por nunca conseguir vingar, pois são sempre seguidores de ideias e conceitos, mas enfim, quanto a isso nada a fazer, somente temos de nos indignar!
Eu já cheguei a ler coisas que eu própria escrevo no blog, escritas por outros,mas há que ser superior a isso e ignorar..realmente há seres pouco evoluídos e a esses há que dar desconto. Barafusta, indignate, berra, arranca cabelos, mas não pares nunca.
Sou tua fan

Sonia

Oficina das Linhas disse...

Olá Lena!

Subscrevo na íntegra as palavras da Sónia. Ups, já estou a copiar :)

Também peço que não desistas, não baixes as armas, se achares por bem, continua com os teus workshops pois com toda a certeza, o bem e o saber que transmites aos outros, são superiores aos sapos gordos e feios que vais tropeçando no caminho...

Beijinhos

Ana Paula Rodrigues disse...

Olá, sou a Ana Paula do blog anapaulabiju.blospot.com, li o teu desabafo e acho que não deves desistir, não sei se as coisa boas superam as más, mas se gostas do que fazes, continua. Eu adoro os teus trabalhos e sempre que posso passo pelo teu blog para ver as novidades. Tive muita pena de não ter tido conhecimento do teu workshop em cantenhede, gostava muito de aprender a fazer estas fadas, quando decidires fazer um workshop em Coimbra ou arredores, avisa, vou inscrever-me. Beijinhos.

VerdeBlue disse...

Lena,
entendo perfeitamente este teu desabafo.
Já por diversas vezes pensei em fazer um post sobre o plágio... sinceramente, sei que coincidências acontecem e até já se passaram comigo.
Ainda há pouco tempo ao visitar o Atelier Encantado vi uns pássaros lindos e eu própria estava a terminar uns também em pregadeira (diferentes mas eram pássaros) para o Dia da Mulher, mas preferi nem as postar porque nã tinham sido inspirados nos da Sónia, mas também não quis criar confusões...
Mas foi uma opção minha... Não sei...
No entanto, infelizmente e em especial com os "meus botões" (são meus sim porque saem integralmente da minha imaginação e das minhas inúmeras tentativas e aperfeiçoamentos) são tantas, mas tantas as cópias...Triste... e pior, comercializam-nos...
Mas no teu caso, o teu talento e criatividade são indiscutíveis e uma dose de força e optimismo virão reforçadas depois de uma breve paragem, tenho a certeza! :)))
será assim, o descanso do guerreiro ;)
Bjokas muito muito grandes********
Cat

kooka disse...

Nem sabes como te entendo com a questão das cópias. Mas o que me irrita mais, é quando quem copia diz que o pode fazer na boa, sem problemas, e sem qualquer tipo de escrúpulos ainda se dá ao trabalho de te fazer ameaças por mail e deixar comentários negativos sobre a tua pessoa por onde passa. Sim, é isso que se está a passar comigo. Como se a criatura tivesse alguma razão no que diz e no que faz...enfim...

Miúda, tu tens tudo para evoluir, por isso faz uma pausa, aprende mais do que queres aprender, "dá-te ao trabalho" de procurares a tua evolução. Isso, só por si, faz de ti melhor do que qualquer outra pessoínha que só sabe copiar. Porque esse tipo de gente não evolui.

Anónimo disse...

Helena, não temos confiança uma com a outra, mas gostaria de dizer que acho que sou mais que tua formanda, sou uma fã do teu trabalho. Apesar de ter feito só um workshop (ainda), aguardo a qualquer momento fazer o das malas como já tinha dito por e-mail...A cada dia que passa noto uma tremenda evolução no teu trabalho, e conhecimento. Nota-se o interesse pessoal em trabalhar os materiais correctamente, o saber sobre eles, as tentativas, os melhoramentos... é fascinante ver essa evolução!O teu prazer em criar!(Eu visito o teu blog quase diáriamente!)E como já disseram, há um "quê" pessoal em cada trabalho teu. Acho muito bem que te sintas indignada. Queixa-te. Tens todo o direito.Mas não fiques triste pela "tristeza e infelicidade" que outros/as têm pelo simples facto de quererem mas não poderem! ;) Tu podes porque é criativa!E das tuas mãos sai Arte! Das deles/as sai cópia. Ainda não perceberam que se conseguem copiar (mal), também poderiam tentar criar originais...Enfim, há gente para tudo. Eu ainda ando a experimentar, quando tenho tempo, e a espreitar as dicas de quem sabe, para um dia criar o meu blog com coisas bonitas também.Até lá, vou experimentando, e vou tentar fazer outro workshop.Por isso, espero que te aperfeiçoes, te organizes, reflitas e aprendas mais e mais!!!!E ignores os "infelizes" que te deixam triste. Sorri e continua a ensinar com "aquele" entusiasmo, o que te sai de dentro ;). Marta (a menina q teve q adiar o workshop por causa do baptizado :S) Beijinho e boas reflexões!

Anjo De Cor disse...

Helena gosto muito dos teus trabalhos, tens talento e criatividade continua o teu lugar neste mundo de arte esta garantido ;)

Quanto aos outros e aos plagios ... acho isso um pouco "parvo" por assim dizer ... sem ofender ninguém, todos/todas sabemos que todos os trabalhos são inspirados em algo que vimos ou ouvimos, ou imaginamos, mas sempre há uma inspiração ... assim funciona tudo, nada é completamente novo há sempre uma inspiração por trás ... deixem ser sem problemas a inspiração de quem a procura, caso contrário vivemos mais preocupados com os que os outros fazem do que o nosso trabalho.
Helena uma vez dizeram-me há sempre um lugar de destaque para os bons o resto é plateia ;)
Beijinhos e muitas felicidades!
Sonia

Carochinha disse...

Só te digo que se vivesses em Faro... as coisas seriam bem piores! Nós vivos e ouvimos com cada coisa... a "mais gira" foi uma formanda fazer uma peça num workshop dado numa loja, e ir pô-la à venda noutra loja concorrente, quando essas eram as únicas duas lojas de materiais, e as duas únicas onde havia workshops... com a agravante que Faro se trata de uma cidadezinha muito pequena.